Relevancia - Pesquisar, selecionar e partilhar recursos na Internet

ecoimooc14,ecoimooc14t1 A relevancia deste tema é sua atualidade. Estamos chegando em uma época que a empolgação com a tecnologia está diminuindo..ninguem se assusta e nem se encanta mais com os avanços da tecnologia. O que antes era algo que encantava pela novidade, hoje alguém conta alguma novidade tecnologíca é capaz da pessoa dizer ..."eu já sabia..".

Se chegamos nesta época de mudanças rápidas e contínuas, tivemos a oportunidade de criar...de inovar...e inventar....todo mundo agora pode virar um produtor ou invez de só consumir informações, esta forma surge um quantitativo muito grande de informações é onde entra portanto essa temática.

Com este volume de informaçoes precisamos não só pesquisar mas saber como pesquisar e o que pesquisar para depois de forma pensada e planejada selecionar as informações pertinentes  para que possamos construir um produto que tenha condições de ser partilhado na internet.

Comentários

  • António Mordido há 1836 dias

    #ecoimooc14t1, Oi, Paulo!

    É isso mesmo "selecionar as informações pertinentes", o que implica formação para tal e, no âmbito da educação formal, a formação dada aos professores, na área das TIC, é, ainda, muito ténue, pelo menos em Portugal.

    António

  • M. Isabel João há 1836 dias

    Boa tarde.

    Não vejo que a empolgação com a tecnologia tenha diminuído. As pessoas fazem fila e arrepelam-se todas para obter os últimos aparelhos! O que me parece é que a rapidez das transformações tecnológicas não deixa tempo para absorver tanta novidade e, sobretudo, para se tirar o melhor proveito em termos que sejam realmente úteis para a sociedade. Gasta-se muito tempo e energia com coisas que são puro lixo no mundo virtual. Nesse aspeto não me parece diferente do mundo real.

    O uso criativo das tecnologias requer muita preparação. A maioria das pessoas não tem um nível de domínio dos recursos tecnológicos que o permita. Ficam pelo mais superficial e pelas vantagens imediatas para a comunicação. Não deixam de fazer parte de grupos restritos aqueles que sabem usar as tecnologias de formas mais criativas e inovadoras. Mas reconheço que as TIC, de qualquer modo, são dos instrumentos mais democráticos que podemos dispor para aprender e desenvolver o intelecto.

  • Artur Coelho há 1836 dias

    honestamente não acho que o "deslumbramento" com a tecnologia esteja a desaparecer. mas que já não gritamos como teenagers ao pé do ídolo, ok, talvez. e até faz sentido. habituamo-nos. e é aí que as coisas começam a ficar interessantes. esta ideia tem um nome: gartner hype cycle, o ciclo vivido por um produto/ideia/tecnologia desde que surge, é adoptado pelos early adopters, explode e é admirado por muitos que como não sabem bem o que fazer daquilo fazem perder o interesse, e dão espaço àqueles que têm visão de longo prazo. muitas das tecnologias deslumbrantes de há poucos anos - smartphones, internet, realidade virtual, apps, normalizaram-se e estão perfeitamente no plateau of productivity (vejam o link para a nomenclatura: http://en.wikipedia.org/wiki/Hype_cycle). outras estão a rebentar na crista da onda hype - caso do 3D printing, ou internet of things. se quiserem um snapshot das tecnologias que vos vão dar a volta à cabeça e deslumbrar nos próximos meses, espreitem aqui: http://www.gartner.com/newsroom/id/2819918