• Blogs
  • CMaria
  • As práticas inclusivas da literacia e participação digitais

As práticas inclusivas da literacia e participação digitais

Nenhum professor ignora hoje a necessidade de estar atualizado em termos digitais. Todos temos a consciência de que as aulas expositivas    a seguir o compêndio, já não são totalmente aconselhadas. Muitos profissionais da educação familiarizaram-se com algumas ferramentas informáticas, e substituíram  as tediosas exposições por  exposições de diapositivos .O tédio acaba por surgir ao fim de três ou quatro aulas. Constata-se  que os alunos nado-digitais necessitam de novos cenários de ensino-aprendizagem.

                O desafio atual é o de termos alunos com uma boa literacia digital. Literacia  digital obriga os professores a saber como as tecnologias permitem a apropriação dos diversos saberes de um currículo nacional. Não faz sentido ensinar geografia sem se recorrer às novas tecnologias, onde o aluno pode percecionar  as realidades duma determinada zona do planeta. O ensino das ciências exatas tem de ser feito com recurso de software de simulações experimentais.Nenhuma disciplina hope deve ser ensinada como há 20 anos atrás.

                Ao falarmos em literacia digital temos a participação digital presente nas aulas. Entenda-se  como participação digital  a capacidade de levar os alunos ao conhecimento, mas com mais espírito crítico e de análise utilizando o manancial de informação disponível na web 2, 0.

                Para os professores  mais céticos recordamos que os autores sugerem literacia digital  como uma amálgama de:´” consciência social, espírito crítico  e conhecimento das tecnologias”.(Hague&Willianson, 2009)

                Para estes autores  os professores ao selecionarem as estratégias de ensino , que apelem aos  processos da: experimentação, análise, concetualização, análise e aplicação concetual dos alunos.Estes processos são para os aprendentes desenvolverem a capacidade de pensar autonomamente e trabalharem em colaboração social.

Bibliografia:

http://www.futurelab.org.uk/sites/default/files/Digital_Participation_review

Comentários

  • Simões há 1743 dias

    É verdade Maria!

    Quantas vezes durante a aula o aluno está a pesquisar na Internet, e diz: isso já não é bem assim, professor!

    Se existem alunos com menos competências, outros têm competências nas novas ferramentas digitais, e capacidade de argumentar! E isso não é mau. ecoimooc14t2 (#ecoimooc14, #ecoimooc14t2)

  • Eliane Ciolfi há 1743 dias

    Em nosso cotidiano escolar, atualmente, vemos a necessidade do desenvolvimento de novas competências dos professores, pois o processo ensino-aprendizagem mudou e novas estratégias são fundamentais. Interação, análise crítica, desenvolvimento da autonomia são alguns dos aspectos exigidos pela sociedade atual.

    #ecoimooc14, #ecoimooc14t2