Competências Digitais

As competências do professor na atualidade vão além de selecionar as informações, deve lançar um parecer qualitativo sobre a informação, tratá-la para posteriormente utilizá-la como mecanismo, ou conteúdo do processo de ensino.

Comentários

  • @na correi@ há 1657 dias

    Boa noite Valter,

    Honestamente, o que mudou? Não foi essa sempre a responsabilidade do professor/indivíduo quando trabalha informação?

    A responsabilidade do professor passa mais pelo treino no ambiente digital para ganhar competências que lhe permitam ensinar outros a fazerem essa seleção, essa análise qualitativa, esse tratamento para posteriormente o utilizarem nas suas vidas pessoais e profissionais. 

    Ganhar competências para ajudar a construir competências.

    ana

  • Ana Rodrigues há 1657 dias

    Concordo plenamente com a Ana Correia! A missão já existia, ou pelo menos devia existir associada a qualquer professor ou indivíduo que trabalhe informação, mudou sim o contexto em que a mesma se processa! e isso implica inevitavelmente "ganhar competências para ajudar a construir competências".

    E é aí que muitas vezes começam problemas de até fácil resolução.. na falta de perpepção disto mesmo ou recusa de uma constante reciclagem pessoal!
  • Valter Andre Jonathan Osvaldo Abbeg há 1654 dias

    Ao lançar um parecer qualitativo o professor atua na forma de indução política, pondera, e se posiciona. Há falta de um posicionamento, ou quando muito aquém de uma visão crítica de sociedade, oportunamente, há muitos que se abstêm sucumbindo a uma alienação cultural imposta por diferentes padrões. Desvincular estes fatores, convergir para um ponto de vista crítico é uma exigência nova para os docentes, que muitas vezes são meros reprodutores do processo de ensino, utilizam seus livros didáticos como muletas. Não podemos cegar uma realidade, com discursos otimistas, devemos partir da insuficiência de nossas próprias possibilidades para que haja superação. Ou nas palavras de Paulo Freire, reconhecer nossa incompletude para buscar algo mais.