COMENTÁRIO AO VIDEO E RELATO DE SITUAÇÕES DE PLÁGIO

O vídeo proposto para análise, apesar de relatar uma situação recorrente com que os docentes se confrontam com muita frequência, parece-me pouco interessante, superficial, pouco criativo, para além da péssima qualidade da imagem.

Solicito, com alguma frequência, que os alunos façam pesquisa de informação para trabalhos, tanto a nível de texto como iconográfica. Essa pesquisa é sempre orientada, quer através de webquests ou de guiões, nos casos de maior complexidade.

Relativamente às situações de plágio, há alunos que nem as hiperligações tiram dos textos, pelo que facilmente verificamos que não são os alunos os autores dos textos. Por outro lado, a riqueza do vocabulário usado, o nível e variedade das estruturas frásicas, os processos de coesão e coerência textuais, assim como a progressão temática são indícios claros se os textos são ou não da autoria dos alunos.

Em casos mais complexos, como acontece no ensino secundário, utilizo software disponível na internet para o efeito, tal como o que está disponível em: http://www.plagium.com/detectordeplagio.cfm?language=pt 

Comentários

  • Jorge Filipe Guimarães há 1428 dias

    Sobre este assunto, seguindo as regras a bom rigor de refências, existiriam muitas teses e documento académicos que acabariam em situações de plágio - plágios intencionais.

    Muitos orientadores de mestrado, limitam-se por vezes a usar subscrições que as universidades dispobinilizam em serviços estrangeiros e alguns deste serviços, os resultados deixam a desejar (quer por defeito quer por excesso).

    Desde algum tempo que sinto a necessidade da falta no mercado Português de respostas que permitisse submeter este tipo de documentos a algo semelhante a uma certificação do documento, em que esta certificação fosse a garantia da integridade do documento e que esta certificação fosse reconhecida a nível académico...

    #ecoimooc15,#ecoimooc15t3