Combate ao plágio através da educação

Os  comportamentos  intelectualmente  desonestos são inevitáveis na vida académica, mas na minha perspectiva são também incompreensíveis quando é ensinado ao estudante o que é o plágio e por que motivo traduz-se numa prática errada.

Concordo totalmente com o texto 3 disponibilizado no Mural de Recursos; acredito que é também obrigação dos docentes garantir a compreensão das consequências do plágio, prevenir estas práticas ao adoptar diferentes tipos de avaliação, exigência de citações e referências bibliográficas, alias, como sempre faço…mas há algo que não se consegue controlar por muitos esforços que se faça, sobretudo quando se lida com jovens adultos no ensino superior – a vontade, consciência e sentido de responsabilidade.

Na minha experiência profissional, felizmente nunca tive muitos casos de plágio, mas já vivi algumas situações mais desagradáveis neste contexto. Já tive um ou outro aluno que utiliza expressões de autor mas se “esquece” de os referenciar, bem como já tive alunos que fizeram cópias integrais de pequenos trabalhos, mas que, claramente, não saíram despercebidos. Normalmente, porque conheço bem as capacidades individuais dos meus alunos consigo perceber facilmente quando estes recorrem ao plágio, mas para ter a certeza absoluta utilizo uma ferramenta online denominada de “plagiarism-checker” que analisa os textos, cruza com a informação disponível na Internet e atribui uma percentagem de autenticidade de conteúdos.

Comentários

  • Manuela_Palma há 1466 dias

    Olá Sofia, muito interessante essa ferramenta, não conhecia!

    Obrigado.

  • Virginia_Baessa_Cabral_Gonçalves há 1466 dias

    Olá Sofia foi muito bom o seu comentário.

    Estou de acordo que o professor oriente os alunos no sentido de não cometerem o plágio.

    Sabemos que com a facilidade  que os alunos têm de encontrar tudo bem esquematizado na net sobre determinados assuntos que querem, mas, como professpores devemos informá-los da forma como devem captar as informações e como processá-las.

    Em caso de documentos reproduzidos devem fazer a referência do autor, página e ano e ainda a necessidade de colocá-los entre "...".

  • Antonio_Franco há 1466 dias

    Olá,Sofia

    Interessante essa ferramenta que referiu. Nada melhor que mais ferramentas para descobrir os plágios.

    É bom que os autores de plágio retomem a ética no seu trabalho.

  • Maria Ramos há 1466 dias

    Olá Sofia,

    É por isso mesmo que estamos nesta formação,para partilharmos as nossas experiências e ganharmos novas aprendizagens,pois acabaste de referir a uma ferramenta que desconhecia e que é importante para o educador detetar o plagio.

    Obrigada.

    #ecoimooc3,#ecoimooc3t1