Artefacto digital 1

Cenário de aprendizagem

Introdução

O cenário abaixo descrito consiste numa proposta pedagógica, “(…) uma situação realista acompanhada por algumas perguntas desafiantes a serem respondidas pelos estudantes (…)” (Miranda, 2014), a aplicar em várias aulas da disciplina de Eletrónica, para uma turma de jovens alunos do 11º ano, sujeita a avaliação pelo professor dentro de prazos estabelecidos. O tema é Semicondutores e as aulas devem ser dadas em sala de laboratório, com computadores e acesso à Internet. Os alunos terão de produzir e enviar trabalhos ao professor, não necessitando de usar pen-drives, nem mesmo uma única folha de papel, preservando assim, o meio ambiente.

Na minha opinião, é importante haver condições de acesso à Internet e condições de aprendizagem por meio das ferramentas tecnológicas, de facto “(…) o acesso aos computadores é uma condição necessária mas não suficiente para que as TIC sejam utilizadas no ensino e na aprendizagem.” (GEPE/ME, 2008, pp. 31). A falta dessas condições pode ditar o sucesso da aprendizagem dos alunos, “os maiores obstáculos à utilização das TIC em sala de aula são os que se situam ao nível do contexto da própria escola e não os obstáculos relacionados com os alunos.” (GEPE/ME, 2008, pp. 31). Segundo o estudo do ME, “(…) utilizar as TIC para fins pedagógicos e didácticos, com os alunos, parece não ser uma tarefa fácil para os professores, mesmo quando possuem preparação específica, reconhecem isso como um imperativo de desenvolvimento profissional e estão suficientemente motivados para o fazerem”. (GEPE/ME, 2008, pp. 30).

 

a) Conteúdos a explorar

- Materiais semicondutores (Silício e Germânio);

- Díodos semicondutores;

- Dispositivos optoelectrónicos (Led, Display de 7 segmentos).

b) Competências a desenvolver

- Conhecer os materiais semicondutores mais utilizados e os tipos de díodos semicondutores;

- Desenvolver a capacidade de utilização do computador para desenhar e simular circuitos eletrónicos;

- Desenvolver a capacidade de efetuar montagens básicas em circuitos eletrónicos, efetuar a sua análise e testes de funcionamento;

-Desenvolver competências na identificação e compreensão do funcionamento dos componentes elétricos e eletrónicos;

- Utilizar o computador e Software como ferramentas pedagógicas;

- Promover a interação com os colegas e professor;

- Promover a pesquisa na Internet, seleção e partilha de informação;

- Utilizar ferramentas tecnológicas;

- Desenvolver competências digitais.

c) Objetivos de aprendizagem

- Descrever as características dos semicondutores;

- Identificar vários tipos de díodos semicondutores;

- Compreender na prática as seguintes questões:

- Como utilizar uma Breadboard?

- Como ligar um LED?

- Como ligar um display de 7 segmentos?

- Saber utilizar os seguintes Softwares:

- MultiSim (desenho e simulação de circuitos eletrónicos);

- ResistorColorCoder (código de cores de resistências);

- Fritzing (desenho e montagem de circuitos eletrónicos).

- Saber utilizar o Google (como motor de pesquisa), o Gmail, o Google Drive, o Google Docs e o Google Classroom (como organizador de aulas, de partilha de conteúdos e de trabalhos).

 

d) Ferramentas tecnológicas mobilizadas

- Computadores com acesso à Internet;

- Browser (navegador web);

- Classroom da Google (necessário conta Gmail para alunos e professor);

- Gmail, Google Drive e Google Docs;

- Vídeos do YouTube e pesquisas no Google;

- Computadores com o Software instalado: MultiSim; ResistorColorCoder; Fritzing;

- Bancadas de trabalho equipadas com:

- Digital Lab, breadboard, ferramentas (alicates), fios condutores;

- Componentes eletrónicos: resistências, leds, display de 7 segmentos.

- Fora da sala (em casa dos alunos):

- Computadores e Internet (Google, Gmail, Google Docs, Google Drive);

- Classroom da Google.

 

e) Como operacionalizar o uso das ferramentas tecnológicas

Em primeiro lugar, o professor deve preparar as aulas. Neste caso, deve criar a disciplina e turma respetivas no Classroom, sendo necessário adicionar o e-mail (Gmail) de cada aluno. Seguidamente deve elaborar as apresentações sobre os conteúdos a abordar em cada aula e coloca-los no Classroom, na disciplina e turma previamente criadas. Poderá também colocar links de sites de interesse e de vídeos do Youtube sobre os conteúdos.

Desta forma, cada aluno deverá ter acesso no seu computador aos conteúdos, quer na aula, quer em sua casa.

Quando o professor achar conveniente, colocará no Classroom um anúncio de trabalho de pesquisa sobre semicondutores (tipos de díodos, Leds, display de 7 segmentos, etc), indicando o que os alunos devem pesquisar, a data limite de entrega do trabalho e em anexo poderá inserir um modelo de relatório.

Durante as aulas e também em casa, os alunos devem utilizar o Google como motor de pesquisa, entre outros sites, como por exemplo a Wikipédia. Os alunos devem selecionar e organizar a informação e de seguida resumi-la para realizar o trabalho, podendo utilizar para isso, as Apresentações do Google Docs, utilizando sempre o mesmo browser.

Quanto à parte prática das aulas, o professor deverá, em primeiro lugar, preparar os materiais e as ferramentas necessárias para cada grupo de trabalho. Deverá colocar no Classroom, manuais, vídeos e sites sobre os softwares e equipamentos e componentes eletrónicos necessários para a execução dos trabalhos, de modo que os alunos possam consulta-los no seu computador sempre que necessário. Partindo agora para a resolução da questão “Como utilizar uma Breadboard?”, o aluno deverá compreender o funcionamento da breadboard e do software Fritzing.

Relativamente à questão “Como ligar um LED?”, o aluno deverá usar a breadboard, o Fritzing, o Multisim, o ResistorColorCoder e fazer montagens simples de circuitos com Leds. Por fim quanto à questão “Como ligar um display de 7 segmentos?” o aluno deverá usar os equipamentos e software atrás mencionados, além de outros componentes.

No final da resolução de cada questão, os alunos de cada grupo de trabalho devem guardar os esquemas dos circuitos desenhados com o software, tirar fotos às respetivas montagens e tirar conclusões das observações experimentais. Tudo isto pode ser efetuado no mesmo computador, podendo guardar-se os ficheiros gerados e as fotos no Google Drive, e utiliza-las mais tarde, na próxima aula ou em casa.

No final da realização dos trabalhos, o professor poderá pedir, no Classroom, para que os alunos realizem e enviem o relatório dos trabalhos, indicando a data limite de entrega e inserindo o modelo de relatório. Quanto ao relatório, este deverá conter os esquemas dos circuitos, as fotos e as conclusões das observações experimentais.

Os alunos poderão guardar as apresentações e outros documentos no Google Drive, e partilha-los com os seus colegas ou professor. Sempre que o professor quiser poderá colocar questões no Classroom, indicando a data limite para a resposta. Poderá ainda colocar mais informações e comentários. O Classroom permite que os alunos possam ver e comentar as respostas dos seus colegas, permitindo criar um ambiente de colaboração entre pares e uma rede de cooperação via Internet. Após entrega dos trabalhos/resposta às questões, o professor deverá corrigir e avaliar, devolvendo uma pontuação e eventualmente um comentário de feedback para cada aluno. Isto é feito de modo “automático” através da aplicação.

Segundo o estudo do ME, a competência digital “alicerça-se nas competências gerais dos professores, nos seus conhecimentos prévios, de natureza científica e didáctica (…) Isso permite a professores com diferentes formações, interesses e necessidades, adquirir as competências TIC requeridas, à medida do seu processo de desenvolvimento profissional”. (GEPE/ME, 2008, pp. 57). Assim sendo os professores devem procurar robustecer os seus conhecimentos na área das TIC.

 

Bibliografia:

Branca Miranda, 2014, Guia de Trabalho - Cenários de Aprendizagem, in http://eco.imooc.uab.pt/ (Consultado em 28/11/2015)

GEPE/ME, 2008, Competências TIC. Estudo de Implementação. Vol. 1

http://www.anqep.gov.pt/ (Consultado em 28/11/2015)

https://avampel4.wikispaces.com/Categorias (Consultado em 28/11/2015)

https://classroom.google.com/ (Consultado em 28/11/2015)

https://www.google.com/docs/about/ (Consultado em 28/11/2015)

http://fritzing.org/home/ (Consultado em 28/11/2015)

Comentários