"Ensinar é melhor que remediar" - Texto 3

O vídeo é muito interessante, mostra pequenas ações que podem conscientizar nosso aluno do que é plágio em primeiro lugar, e como podemos trabalhar a fim de evitar essas desagradáveis surpresas.

Como professora orientadora de um pós-graduação, infelizmente é muito comum identificarmos plágio nos artigos, por diversos motivos, mas o principal, na minha opinião é a falta de conhecimento e dos riscos que esse "copia e cola" pode gerar como profissional.

As vezes realizam muitas leituras não dirigidas, não anotam as fontes enm fragmentos que gostaram, assim, acabam escrevendo uma ideia sem lembrar de onde retirou... não estou defendendo... mas também já fiz isso e sei que é recorrente.

Mas quando o plágio é literalmente aquele copia e cola conseguimos perceber nitidamente a alteração na forma da escrita e, como educadora, sempre pergunto de onde tirou, para mencionar a fonte... e até então não tive maiores problemas. 

Muitas universidade já estão adontando softwares de busca de plágio, o que tem facilita a vida dos docentes e dificultando a dos alunos, mas enfim, o melhor remédio mesmo é a educação, é a informação e o conhecimento das formas de se organizar para estudar, as leituras e escrita de assuntos interessants sempre trazendo a fonte!

 

Tem um vídeo que gosto muito, apesar de já ser antigo, quem se interessar... é uma charge bem engraçada e que traz a ideia do plágio...

https://www.youtube.com/watch?v=y1kT9Sn-CNI

Comentários