As TIC na atividade docente

O professor deve apropriar os programas às necessidades de cada criança e personalizar as suas aulas, “fazendo-as sentir como um verdadeiro interlocutor válido, real e individualizado”. (Sanches, 1991)

A utilização das TIC deve ser considerada na formação inicial dos professores e também na formação contínua. Em todos os cenários de formação, esta deveria auxiliar os professores a melhor integrarem as TIC na sua prática diária em geral e nos planos individuais dos alunos. A formação em TIC deve tornar-se mais flexível e tomar em consideração as necessidades individuais de cada professor. Além disso, qualquer formação em TIC precisa de abordar metodologias, didáctica e organização da aprendizagem, estabelecendo relações evidentes entre teoria e prática.

As TIC ao ocuparem progressivamente um maior destaque nas escolas inclusivas, poderão ser meios auxiliares para o aumento dos desafios e da novidade (Higgins e Bonne, 1996) e paralelamente poderão facilitar a inserção física, social, emocional e académica dos alunos com dificuldades de aprendizagem específicas, num meio menos restritivo possível.