• Blogs
  • Justino
  • Utilização do facebook no ensino das disciplinas curriculares

Utilização do facebook no ensino das disciplinas curriculares

Por Justino há 1129 dias

Nota-se no cotidiano escolar cada vez mais a incorporação de aparatos tecnológicos para a comunicação dos estudantes e professores. Frequentemente, embora em algumas unidades seja proibido o uso de celular, os estudantes se comunicam com seus colegas de turma pelo Smart fones e outros dispositivos.

A ênfase do ensino das ciências é colocada na resolução de problemas autênticos, na pesquisa e nas atividades experimentais, no trabalho colaborativo e na abordagem interdisciplinar de temas contemporâneos, dando particular relevância às inter-relações entre a Ciência, a Tecnologia e a Sociedade (Chagas, 2001).

Nos estabelecimentos de ensino, a quase total dessiminação do facebook nas escolas e universidades tornou a tradicional impressa escrita dos estudantes. As pessoas ficam a saber o que se passa e quem esta fazer o quê. No âmbito da liberdade cátedra, os docentes das IES têm  liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber em todas as disciplinas.

Neste particular achamos que esta ferramenta Facebook encontra nexo, de acordo a visão Mark Zucerberg, mentor da maior plataforma social, o objetivo é dar poder ao individuo fazer com essa ferramenta lhes permita comunicar de forma eficiente e ter sucesso num mundo em temos cada vez mais informações em nossa volta.

Assim, ao se pensar a utilização de todo aparato tecnológico como ferramentas agregadoras de saberes e possibilidades de acessos e extensão a novos conhecimentos, requer o entendimento por parte dos envolvidos sobre comportamentos, intermediação, uso, aplicação, produção e efetivação do processo ensino-aprendizagem.

Os programas das disciplinas os seus Programas integram componente sociais, políticos, culturais, tecnológicos, científica, de acordo com a área do saber. A plataforma Facebook agrega recursos que permitem ações interativas na na busca desses saberes como: filiar-se a grupos, exibir fotos, criar documentos com a participação de todos na construção de um texto coletivo, criar eventos com agendamento das atividades dentro e fora da plataforma, criar enquetes como recurso para pesquisas.