Competência em Empreendedorismo

Cá nos Açores, há apetência para oferta do artesanato para um desenvolvimento de turismo de  qualidade. Há Centro de Apoio ao Artesanato e Incubadora de Empresas. Os dois organismos conjugados com ET no 3º Ciclo poder-se-iam contribuir para a criação do próprio emprego aos alunos. Caso para pensar numa boa articulação entre a escola e os referidos organismos...

Adriano Correia. #mooceduET23

 

Comentários

  • Luis Carlos Oliveira há 1038 dias

    Caro colega, concordo com o seu apontamento e sem dúvida que isso seria uma mais valia para a região, para a promoção do artesanato regional e para os alunos como orientação e escolha profissional. Infelizmente existem poucos artesãos e se os organismos potenciadores dessas iniciativas estivessem atentos e criassem sinergias com as escolas, os resultados seriam bem mais positivos e benéficos para todos.

    #mooceduET23

  • AnaMaio há 1038 dias

    #mooceduET23

    Essa questão de empreendedorismo no artesanato como forma de promover um turismo de qualidade está bem vista colega Adriano e também gostei da ideia de darmos as noções básicas em Educação Tecnológica, afinal de contas é também uma técnica. No entanto, atualmente acho os jovens muito pouco interessados nesse tipo de trabalhos e penso que uma forma de os interessar passaria talvez pela introdução de trabalhos de artesanato mais apelativos, como por exemplo, a realização da técnica de rabo de gato com fio de arame colorido e moldável (em vez de lã) para construção de bijouteria. 

    Sem dúvida que os organismos que menciona a funcionarem em articulação com E.T. poderiam produzir resultaddos surpreendentes.