Um começar...

Desde a confecção de minha primeira página na web - lá pelo ano de 1997 - que comecei a imaginar o ciberespaço como um canto particular de expressão de idéias e trabalhos que realizo. A sociedade tecnológica que deveria ampliar nosso tempo para atividades como essa, pelo contrário, tem retirado massivamente nossas condições de dedicação aos nossos sonhos, ainda que eles estejam em parte no nosso ofício profissional.

Não obstante, depois do projeto, vem a manutenção e atualização de seu trabalho. Mais um tempo que você deve dedicar e que, naturalmente, vamos deixando para depois e depois até mesmo o começar a fazer as coisas. É, é assim nesses vinte anos, quando entre atividades profissionais e o envolvimento com trabalhos de naturezas infindas sempre nos fazem protelar, protelar a conquista de nosso "canto na web" para mais que um pesquisador, cliente ou correspondente de e-mail´s.

O blog é uma ineressante e simples ferramenta de publicação na web. De tão simples, não haveria desculpas para que não se possa rapidamente construir um: um canto na web para que pessoas possam ter contato com idéias e trabalhos que foram concebidas, antes de mais nada, para tentar melhorar o mundo. Parece pretensão. Mas fazer pequenas coisas nesse sentido é melhor do que nada fazer, do que o espaço vazio de não haver pessoas lutando.

Marco Brandão.