PROMOVER A APRENDIZAGEM COLABORATIVA COM FERRAMENTAS DIGITAIS #artefacto2

TEMA 3

PROMOVER A APRENDIZAGEM COLABORATIVA COM FERRAMENTAS DIGITAIS

 

ARTEFACTO 2

Elaborado por  Marcio de Oliveira Monteiro

 

1. APRESENTAÇÃO

A proposta de ação/projeto a ser apresentada como requisito de participação e avaliação no Curso de Competências Digitais para Professores tem em sua perspectiva metodológica tratar o tema central do módulo, enquanto PROMOVER A APRENDIZAGEM COLABORATIVA COM FERRAMENTAS DIGITAIS, a partir da reflexão sobre  “os mecanismos de opressão sofrido pelos estudantes a partir do século XVII e os sensores sociais de Michel Foucault e o analfabeto digital na História Contemporânea”, tendo como foco propor uma aprendizagem colaborativa e cooperativa favorecida pelo uso de ferramentas digitais, com os alunos do 1º Período do Curso de Nível Superior em História. De modo indireto, pedagogicamente, buscar-se-á entender os problemas decorrentes desse movimento no ambiente escolar. Para tanto será  apresentada uma ação/projeto de aula, na qual se tem por base a aprendizagem cooperativa/colaborativa pautada na utilização de ferramentas tecnológicas.

 

2.CONTEÚDO A EXPLORAR

Os mecanismos de opressão sofridos pelos estudantes a partir do século XVII e os sensores sociais de Michel Foucault e o analfabetismo digital na História Contemporânea

Público Alvo: alunos do 1° Período do Curso de Nível Superior em História.

 

3.CONCEITOS / NOÇÕES

Serão trabalhados Conceitos e Noções de:

Cooperação; colaboração; opressão, negociação; liberdade; partilha e troca de experiências; coletividade; interatividade; divisão de tarefas; responsabilidade e comprometimento e de pesquisa.

 

4. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES A DESENVOLVER

4.1.COMPETÊNCIAS:

-          Ser capaz de desenvolver o pensamento crítico sobre as informações pesquisadas e lidas na internet, conhecer e problematizar as informações básicas referentes às diferentes épocas históricas para analisar as relações sócio históricas e a formação de diferentes relações de tempo e espaço.

-          Ter competência para trabalhar os sentimentos de colaboração e cooperação; de pertença ao grupo;

-          Ter conhecimento teórico-prático para utilizar as ferramentas digitais de modo cooperativo e  colaborativo ao longo da realização das atividades.

 

4.COMPETÊNCIAS E HABILIDADES A DESENVOLVER

4.2.HABILIDADES:

-          1.Compreender o papel social da escola e as influências Históricas a serviço da opressão, a partir dela, promovida contra os estudantes e as consequências na construção de uma sociedade passiva;

-          2.Dominar o conhecimento básico de utilização das ferramentas digitais para execução das atividades pedagógicas propostas;

-          3.Debater, criticamente, artigos científicos, vídeos e imagens que retratem a temática a ser estudada;

-4.Interpretar, Analisar, Sintetizar e Criticar realidades contextuais históricas de opressão nas escolas;

-5.Interagir de modo cooperativo e colaborativo com os participantes negociando as ações, debatendo as ideias;

-6.Produzir mostra de imagens e vídeos sobre a temática;

-7.Discutir propostas metodológicas de apresentação da temática por meio de Encontro, Seminário etc.

 

5.OBJETIVOS DA APRENDIZAGEM:

GERAL:

-          Compreender a ação negativa e nociva produzida pelos mecanismos de  opressão aos estudantes a partir do século XVII e os sensores sociais de Michel Foucault e o analfabeto digital na História Contemporânea.

 

5.OBJETIVOS DA APRENDIZAGEM:

ESPECÍFICOS:

-Pesquisar sobre a ação negativa e nociva produzida pelos mecanismos de  opressão aos estudantes a partir do século XVII e os sensores sociais de Michel Foucault e o analfabeto digital na História Contemporânea;

-Utilizar ferramentas digitais na criação de ambientes de aprendizagem colaborativa e cooperativa;

-Promover a interação entre os alunos e pessoas do meio;

-Compartilhar artigos e as ideias dos respectivos autores como fonte de estudo;

-Discutir com alunos do Curso de Psicologia sobre os traumas, transtornos e psicopatologias advindas dos mecanismos opressores na escolarização da criança;

-Expor vídeos e fotografias dos mecanismos de opressão aos estudantes à partir do século XVII;

-Realizar um Seminário Acadêmico sobre o tema.

-Avaliar as ações desenvolvidas para a realização dos objetivos definidos para a ação/projeto [modalidade formativa]

 

6.FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS MOBILIZADORAS:

A ação/projeto será construída a partir da busca de artigos científicos, imagens e vídeos de época que demonstrem e comentem mecanismos de opressão contra estudantes. Para tanto serão utilizadas como ferramentas digitais o Google Search; YouTube e para as possíveis apresentações o Microsoft PowerPoint e o Movie Maker.

 

7.ARGUMENTO INICIAL SOBRE A APRENDIZAGEM COLABORATIVA

Tais propostas trazem intrinsecamente concepções sobre o que é ensino, aprendizagem e qual a natureza do conhecimento. Uma das ideias fundamentais que elas encerram é a de que o conhecimento é construído socialmente, na interação entre pessoas e não pela transferência do professor para o aluno. Portanto, rejeitam fortemente a metodologia de reprodução do conhecimento, que coloca o aluno como sujeito passivo no processo de ensino-aprendizagem. Em oposição a essa abordagem tradicional de ensino, que ainda está fortemente arraigada no cotidiano das escolas, essas propostas reconhecem o conhecimento prévio de cada estudante, sua experiência e seu entendimento de mundo. O processo ensino-aprendizagem não está mais centrado na figura do professor e o aluno exerce nele papel fundamental. O professor atua na criação de contextos e ambientes adequados para que o aluno possa desenvolver suas habilidades sociais e cognitivas de modo criativo, na interação com outrem. [G.N]

Patrícia Lupion Torres, Esrom Adriano F. Irala, APRENDIZAGEM COLABORATIVA: TEORIA E PRÁTICA, Coleção Agrinho, p. 61, consultado em : 16/07/2017 no sítio  http://www.agrinho.com.br/site/wp-content/uploads/2014/09/2_03_Aprendizagem-colaborativa.pdf

 

8.ARGUMENTOS JUSTIFICATIVOS DE QUE ESTA ATIVIDADE IMPLICA  EM APRENDIZAGEM COLABORATIVA:

Na obra “Vigiar e Punir, de autoria de Michel Foucalt, inicialmente, poder-se-á encontrar os argumentos necessários a esta atividade, já que a mesma reflete sobre:

1)      Os sensores sociais de controle social utilizado pelo Poder estatal incentivam o debate e confronto de ideias;

2)      Os mecanismos de opressão servem ao Poder Estatal como forma de punição social em nome da manutenção da ordem.

3)      Favorece a pesquisa, a definição de conceitos e noções coerentes com a construção e aplicação da aprendizagem colaborativa no ambiente da sala de aula.

 

9. OPERACIONALIZANDO

9.1.Primeira Semana

-Apresentação coletiva da temática;

-Exposição técnica sobre as etapas da ação/projeto;

-Exposição docente sobre a História da Educação;

-Divisão dos grupos de estudo;

-Ponto de Encontro(*).

 

(*)Deverão apresentar relatório, ao final, sobre as formas estratégicas de comunicação utilizada para o intercâmbio entre os grupos.

 Apresentar relatório da atuação de cada elemento no grupo [ações individuais e coletivas]

 

Tempo de duração: 1 mês letivo/ 04 encontros educativos – 2º semestre letivo/2017.

 

9. OPERACIONALIZANDO

9.2. Segunda Semana

-Indicação da obra “Vigiar e Punir” para pesquisa e análise do texto;

-Pesquisa de Artigos científicos sobre a temática;

-Pesquisa de imagens e vídeos sobre a temática;

-Avaliar coletivamente as ações dos grupos até esse momento de estudo;

 

(*)Deverão apresentar evidência de conversa e/ou tentativa de contato com os autores dos Artigos Científicos para aprofundamento das ideias implícitas nos textos.

 

Tempo de duração: 1 mês letivo/ 04 encontros educativos – 2º semestre letivo/2017.

 

 

9. OPERACIONALIZANDO

9.3. Terceira Semana

-Debater as imagens e vídeos pesquisados;

-Discutir os Artigos Científicos pesquisados;

-Ponto de Encontro

-Avaliar coletivamente as ações dos grupos até esse momento de estudo;

-Organizar exposição de imagens;

-Organizar Seminário sobre a temática;

-Avaliar coletivamente as ações dos grupos até esse momento de estudo;

-Ponto de Encontro(**)

(*)Apresentar relatório das ações de cada membro do grupo para a realização prática da exposição e Seminário. [considerar que os grupos deverão pensar de modo coletivo nesse momento].

  

Tempo de duração: 1 mês letivo/ 04 encontros educativos – 2º semestre letivo/2017.

 

9. OPERACIONALIZANDO

9.4. Quarta Semana

-Realização da mostra e do Seminário Acadêmico

-Autoavaliação

-Fechamento da ação/projeto

Apresentar relatório final apresentando as dificuldades encontradas para  a realização e execução das atividades ao longo de todo o processo de criação, elaboração, organização e operacionalização da ação/projeto.

  

Tempo de duração: 1 mês letivo/ 04 encontros educativos – 2º semestre letivo/2017.

 

10.ESTRATÉGIAS DIDÁTICAS PARA DESENVOLVIMENTO DA AÇÃO/PROJETO:

  • Incentivo à participação de todos os discentes, explicitando objetivos, formas de trabalho e importância da ação/projeto.
  • Sensibilização dos discentes para que possam se envolver na ação/projeto;
  • Orientações  quanto às etapas do desenvolvimento da pesquisa;
  • Orientar sobre as ferramentas digitais a serem utilizadas para a realização da pesquisa;
  • Abrir espaço para que os discentes proponham outras ferramentas digitais, de conhecimento, para a realização das atividades;
  • Definir momentos periódicos, extraclasse e/ou por meio eletrônico, de troca de ideias e experiências sobre a pesquisa;
  • Organização e Produção didática da mostra de imagens e vídeo;
  • Organização e Produção do Seminário temático;
  • Avaliação formativa (de todo o processo de construção da ação/projeto);
  • Compartilhamento de ideias durante a aplicação da ação/projeto, onde cada discente poderá contribuir com o que deu certo, errado ou com novo direcionamento que deu em sua ação.

 

REFERÊNCIA  BIBLIOGRÁFICA

Foucalt, Michel. Vigiar e punir nascimento da prisão; tradução de Raquel Ramalhete. Petrópolis, Vozes, 1987.288p.

Patrícia Lupion Torres, Esrom Adriano F. Irala. APRENDIZAGEM COLABORATIVA: TEORIA E PRÁTICA, Coleção Agrinho, p. 61, consultado em : 16/07/2017 no sítio  http://www.agrinho.com.br/site/wp-content/uploads/2014/09/2_03_Aprendizagem-colaborativa.pdf

Comentários

  • Emilia há 762 dias

    Nooossa. Com estas propostas seus alunos vão comentar por muito tempo sua aula. Um professor da área pedagógica usando recursos tecnológicos, é tudo do que eles precisam para no futuro usar o mesmo recurso. Começamos uma mudança Marcio, dentro de uma faculdade ou universidade onde formamos futuros profissionais. Somos responsáveis pela educação de alunos que já estão inseridos neste mundo tecnológico. Este é o novo papel do professor, fazer os futuros professores  terem esta experiência com a tecnologia.#ecoimoocbrt3

  • Ligia Fonseca há 761 dias

    Excelente trabalho. Uma proposta ambiciosa de conquista do interesse e da participação dos alunos mas com essa detalhada proposta de curso tudo ficará mais fácil de ser realizado!

  • Elazir Cristina Boechat Dias Esposti há 761 dias

    Explêndida exposição do material condizente com a necessidade urgente de transformação no ambiente estudantil, gerando grandes expectativas na absorção dos conteúdos elencados.

    A aplicação destes conceitos ensejará, com certeza, empenho e dedicação do profissional docente na aplicação educacional do publico envolvido nesse grande desafio.

    Parabéns, grande desafio, grande profissional, grandes resultados!

    #ecoimoocbrt3

  • maria leonor lopes neves alves há 760 dias

    Muito interessante e desafiante 

    #ecoimoocbr, #ecoimoocbr3