CRIANÇAS NA ERA DIGITAL: DESAFIOS DA COMUNICAÇÃO E DA EDUCAÇÃO

http://files.educacao-digital35.webnode.com/200000005-0c6d30e603/01_Fantin_2006.pdf.

O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre a mudança do nosso
ambiente sociocultural. Na primeira parte, destaca-se essa mudança, que se baseia no
desenvolvimento das Tecnologias de Informação e Comunicação, particularmente os
aplicativos chamados 2.0. Essas ferramentas enfatizam alguns aspectos novos realmente
interessantes do ponto de vista da educação. Elas são fáceis e baratas: não é necessário
ter grandes competências para usá-las e são de fácil acesso – assim, organizações como
as escolas podem adotá-los sem um custo muito alto. Além disso, essas tecnologias
são interativas: através delas é possível falar, colaborar, compartilhar conteúdos com
outras pessoas. Finalmente, o destaque ao sentido do que hoje em dia é conhecido como
usuário ou produtor, User Generated Content: neste caso não há mais apenas leitores
de mensagens, mas leitores que são também autores. Em língua inglesa, é crescente o
uso do termo Prosumers, para referir-se aos produtores que são também consumidores
(producers + consumers). Na segunda parte, o artigo busca individualizar os principais
problemas educativos nesta paisagem, apresentando três situações típicas que ocorreram
em uma referida escola, mas que poderia acontecer em qualquer sala de aula do mundo.
Por fim, a partir desses casos, situamos algumas sugestões e orientações para a intervenção
educativa.