COMPETÊNCIAS DIGITAIS PARA ENSINAR E APRENDER: FORMAR OU NÃO? EIS A QUESTÃO

 

Os desafios da sociedade atual convocam os professores para o desempenho de novos e diferentes papéis, perante exigências profissionais cada vez mais complexas. Os esforços financeiros realizados para a expansão do acesso à tecnologia digital e a demanda dos alunos que esperam que a tecnologia integre a sua educação escolar, fazem com que aos professores não baste serem competentes na matéria curricular, esperando-se deles também competências digitais.